SIDES dois anos de sucesso

Dois anos de festa

Quando criaram a SIDES, em dezembro de 2012, os sócios Fábio Barreto, Dudu Martins e Guilherme Leite tinham um sonho: montar uma agência que se posicionasse como ‘ambidestra’, filosofia semelhante ao comportamento do nosso cérebro – o lado emocional, intuitivo e subjetivo, em equilíbrio com o lado racional, lógico e analítico. A aposta deu mais do que certo! Hoje, festejando seus dois anos de vida, a SIDES coleciona uma série de vitórias.

“Em 24 meses conquistamos 24 clientes: mantivemos a média incomum de 1 cliente por mês. E o mais importante: não são clientes fantasmas, do tipo que um dia na vida você fez um job e aícoloca na lista; ou daqueles que constam na lista, mas nunca fazem absolutamente nada. Todos, eu disse “todos”, são ativos. É claro que, pela característica de cada negócio, existe a sazonalidade. Mas, com maior ou menor constância, as 24 empresas movimentaram a SIDES durante esse último ano”, afirma orgulhoso Fábio Barreto, sócio e diretor de criação.

Em todo esse tempo, o crescimento da agência permitiu o aumento, também, do quadro de funcionários. Em dois anos, esse número foi de 3 a 18 “ambidestros”. De acordo com Barreto, o foco não é transformar a SIDES em uma agência grande, mas assumir o tamanho que seja compatível com a demanda dos clientes. “A ideia é essa: atender bem para atender sempre. E isso só é possível quando a gente mantém uma equipe adequada. No tamanho e no perfil”, destaca.

Com campanhas ousadas, vendedoras, emotivas ou lúdicas, a agência não tem do que reclamar. Para os sócios, essas conquistas são fruto de muito trabalho e esforço por parte de toda a equipe. “2013 foi incrível! Mas 2014 não ficou atrás e nos consolidou no mercado. E isso levando em conta um ano difícil para a economia, um ano de eleições, de incertezas. O importante foi perseguir a performance diferenciada que adotamos desde o início. Sobre 2015? Temos uma equipe incrível e isso nos dá a segurança para continuar acreditando no sucesso da agência, atendendo bem, prospectando muito e melhorando sempre”, finaliza Fábio.